quinta-feira, 28 de abril de 2011

Vamos brincar com bola?

quarta-feira, 27 de abril de 2011

A galera YorkShire


Origem da raça
A raça é de origem britânica (particularmente da Escócia).Porém o seu desenvolvimento começou muito  antes da data do primeiro registro oficial. Há relatos variados sobre suas origens e seu desenvolvimento.
Por volta do século XI, os servos e os trabalhadores para manterem seus cachorros em quase toda a Inglaterra, deveriam seguir uma lei real, controlada pelos guardiões das florestas, obrigando todos os cachorros  a atravessarem um aro metálico de sete polegadas de diâmetro, para serem classificados como sendo pequenos o suficiente, pois esta classe servil trabalhadora não tinha direito à caça para sua subsistência


 No principio, os cachorros eram usados para caçar ratos e camundongos, embora eles realmente não tivessem a melhor adequação para este trabalho, os gatos eram muito mais eficientes nesta função.Não obstante, os cachorros eram úteis completando a dieta do dono pobre, pois caçavam um coelho ou outro pequeno animal ocasionalmente, apesar da proibição.

Antes de 1750, a maioria dos britânicos trabalhava na agricultura, mas com a revolução industrial houve grandes mudanças na vida familiar e muitos operários deixaram a Escócia para transferir-se para Condado de Yorkshire, levando junto consigo os seus cães.
A primeira aparição nas exposições foi em 1886. A primeira inscrição no livro de registros de um Kennel Club foi feita em 1886.Assim, sua história atual tem mais de cem anos.Em 1898, o Kennel Club da Inglaterra reconheceu-o com o nome de Yorkshire Terrier
 
 Comportamento
A pesar de pequeno tamanho, o yorkshire mostra-se muito ativo e independente.Baseando-se nisso, pode-se dizer que a melhor  posição do York seja perto do dono, mas não gostam muito de colo. Passear ou viajar com a família deixa o York feliz, pois não se contenta em ser somente companhia, querendo partilhar de todos os momentos.
O yorkshire possui um caráter dócil e sociável, que permite leva-lo a locais sem inconveniente. Seu temperamento carinhoso   o torna um grande companheiro, divertido e devotado, para aqueles que o cercam, particularmente seu dono. O York tem por hábito andar atrás do dono, onde quer que ele vá.

Pelagem
A maior dificuldade em criar o yorkshire para competições, segundo seus criadores , é obter a coloração correta da pelagem, pois as maiores pontuações dessa raça, refere-se à coloração. Por definição, o yorkshire deve ter duas cores: o azul-aço escuro e o fulvo, atentando para o fato de que as cores não devem se mesclar.
O azul-aço não deve ser escuro demais a ponto de ficar preto, e nem claro, parecendo prateado. Já os pêlos fulvos, são levemente mais claros nas pontas que nas raízes e devem produzir um colorido dourado
(Texto pesquisado na Internet)

 

CITAÇÃO

Tudo o que é necessário para o triunfo do mal , é que os homens de bem nada façam”(Edmund Burke)






.

































domingo, 24 de abril de 2011

Nina da Adriane


Nina , é a paixão  de Adriane.



Nina é uma Yorkshire de três anos e meio.muito ativa e carinhosa. Sabe pedir o que quer e expressa suas vontades pulando nas patas trazeiras.
É apaixonada pela vó Elci, que retribui com todo o dengo do mundo. Também adora o tio Marco


Também é muito paparicada pelas dua Marias, a Vitória e a Eduarda



CITAÇÃO


“Um cão é a única coisa na terra que te amará mais do que tu te amas a ti mesmo”(Josh Billings)

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Fiapo e Eli


Flagramos a Eli, mãe do Eduardo, passeando numa tarde de domingo com seu cachorrinho. assentiu em participar do blog.





Fiapo é da raça  Dachshund, mais conhecido como Cofap ou também  como Linguiça ,Tem um ano e oito meses e pesa 8 quilos
Eli relata que ele gosta de brincar com crianças e se denuncia facilmente quando faz alguma arte ou mal feito em casa



CITAÇÃO


"Um cão é um anjo que vem ao mundo ensinar amor.

                                        Quem mais pode dar amor incondicional,
                                        Amizade sem pedir nada em troca,              
                                        Afeição sem esperar retorno

                                        Proteção sem ganhar nada
                                        Fidelidade vinte e quatro horas por dia?"


                                       ( Autor desconhecido)

Nina do Itamar




Itamar confortavelmente sentado em sua cadeirinha de praia numa tarde de domingo na praça ,admira as estrepolias de sua cachorra. Foi dificil segurar a Yorkshire para a foto






Essa gracinha é a Nina,Uma Yorkshire de sete meses, um quilo e seiscentas gramas. É super ativa , uma verdadeira espoleta, brincalhona e companheira.  Detesta quando a deixam sozinha em casa.



CITAÇÃO  

Além do olhar e da lambida de um cão...
 Que bom sería se todos os humanos

Pudessem ver a humanidade perfeita de um cão
                                                  ( Autor desconhecido)
                          

                                       
                                                                                         

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Bilbo

Alice é a dona do Bilbo e sempre está presente na praça 





Bilbo é esse camaradinha símpático e peludo de raça Lhasa Apso que é a tranquilidade feito cachorro.
Tem três anos e cinco quilos. Sua dona diz que ele pensa que é gente. Gosta de brincar com brinquedos de apito somente até destruir e tirar o apito.

                                                                    Citação
“Será nosso  amigo para  sempre,... sempre,...sempre”(Rudyard  Kipling)

terça-feira, 19 de abril de 2011

À cacau ( In memorian)





                      Minhas queridas amigas Valdete ,Hagna e Hayla.


         Recebi com grande consternação e um aperto no coração
         a infausta notícia de que Cacau   
         nos deixou. Espero que minhas palavras possam
         expressar os sentimentoss
         que nos assalta quando nos damos          
         conta que aquele serzinho que tantas alegrias era
        capaz de proporcionar,
        que tanto amor e fidelidade dedicou a vocês, nunca
        mais se fará presente.
                                               

Ontem postei no blog um texto que entre outras verdades diz:

                     
                               Um cão é um anjo

                              Que vem ao mundo ensinar amor
                              Quem mais pode dar amor incondicional
                              Amizade sem pedir nada em troca,
                              Afeição sem esperar retorno
                              Proteção sem ganhar nada
                              Fidelidade vinte e quatro horas por dia? "
                                                                      
                                                                 É o retrato da Cacau





                          
                                              
                               ,
                        
                               ,
                              

                                            .
                                                                                       









segunda-feira, 18 de abril de 2011

Anjos Caninos

                                   



Existem pessoas que não gostam de cães.
Estas com certeza  nunca tiveram em sua vida
Um amigo de quatro patas

Ou se tiveram
Nunca olharam dentro daqueles olhos

Para perceber quem estava alí

 Um cão é um anjo ,que vem ao mundo ensinar amor
Quem mais pode dar amor incondicional
Amizade sem pedir nada em troca

Afeição sem esperar retorno
Proteção sem ganhar nada,
Fedelidade vinte e quatro horas por dia?


Há! Não me venha com essa
De que os pais fazem isso,
Porque os pais são humanos,

E quando os agredimos
Eles ficam irritados e se afastam...

Um cão não se afasta
Mesmo quando você o agride
Ele retorna cabisbaixo
Pedindo desculpas por algo que talvez não fêz
Lambendo sua mão a suplicar perdão

Alguns anjos não possuem asas
Possuem quatro patas, um corpo peludo,

Nariz de bolinha ,orelhas de atenção,olhar de aflição e carência
Apesar dessa aparência,
São tão anjos quanto os outros(aqueles de asas)

 E se dedicam aos seus humanos tanto quanto,
Qualquer anjo costuma dedicar-se


Às vezes um humano veste a capa de anjo
E sai pelas ruas a catar alguns anjos abandonados
Á própria sorte 
e lhes cura as feridas,alimenta ,abriga

Só para ter a sensação de haver ajudado um anjo

Deus quando nos fez humanos,
Sabia que precisaríamos de guardiões materiais
Que nos tirasse do corpo as aflições dos sentidos,
E nos permitissem sobreviver a cada dia ,
Com quase nada


Alêm do olhar e da lambida de um cão
Que bom seria se todos os humanos
Pudessem ver a humanidade
perfeita de um cão

..(Autor desconhecido)






                                                 












































 ,



,








,






.






























  
                                                     

sábado, 16 de abril de 2011

Fred da Bernadete


Bernadete é a dona do Fred, um Yorkshire muito charmoso


Fred é um Yorkshire de noze anos e cinco quilos. Foi adquirido do criador Maldonado do Bom Retiro ,Possui pedigree.
Sua dona relata que ele é muito dócil e acomodado e adora passear na praça.



CITAÇÃO


“Um cão é a única coisa na terra que te amará mais do que tu te amas a ti mesmo”(Josh Billings

terça-feira, 12 de abril de 2011

Duas amigas


Não preciso tecer nenhum comentário. Veja o filme e
aprecie a amizade entre dois animais.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Kika e Marquinho

Marcos é um menino de dois anos muito esperto e já fala de tudo.
Está constantemente na praça passeando com sua acompanhate e guardiã a Doroty



Certo dia marquinho queria brincar com a Kika mas ela não estava dando muito bola para ele.
Depois de muito insistir ele saiu com esta:
-Ela não fala??
                      - Não Marquinho. Ela não fala.
                   -Porque??acabou a pilha??

                                     
   Marquinhos "O travesso"


                                                      Citação
“Cada criança deveria ter duas coisas: Um cão e uma mãe que lhe deixe ter um” (Autor desconhecido)



Duda (In Memorian)

 Fabiana Bertoline nos enviou e nós postamos aqui uma homenagem à duda que como vocês estão vendo era uma linda Yorkshire

 

"


Duda, minha amada filha, mesmo me deixando (deve ter tido um motivo maior e forte) está sempre presente em meu pensamento e em meu coração!
Amava as idas ao parque, amava os amigos, indo ao seu encontro e os beijando muito!!! com toda certeza era e é muito especial!!!

Saudades eternas!!!"









                                                                           Duda


                                           Citação



                "No coração de cada animal abandonado
           mora o desejo unico de ser amado." (E ADOTADO)

                                                




                                                                         

                                                 
                       

                 

domingo, 3 de abril de 2011

Lindinha

A outra nossa entrevistada desse domingo é a Francine, que não por acaso, é irmã da Francesca  e como ela tem também um imenso amor pelos nossos Pets




Essa é Lindinha. Uma SRD muito querida de pelagem preta e dourada que também tem algumas habilidades tais como , a comando,senta deita, rola, gosta de passear sozinha, é muito amorosa e educadíssima.


CITAÇÃO
“Amor é quando seu cão lhe lambe a cara,ainda que você o deixe só o dia inteiro”(Anete: 4 anos)

Jully




Ninguem entende mais de cachorro do que a nossa mais nova entrevistada, Francesca, pois alêm de ser veterinária e dona de um PetShop.
Domingo foi flagrada passeando na praça  com um de seu protegidos.Convidada pela nossa produção,prontamente aquiesceu em enriquecer o nosso blog.
Nos seus braços carrega Jully




Jully é uma Poodle muito fofinha.Tem oito anos.três quilos. uma farta pelagem de uma côr muito sui generis para um cachorro. parece um bichinho de pelucia ou um Panda. Tem inúmeras habilidades como dar a pata, deitar, rolar, fazer ursinho e pedir massagem. 

                                                                            CITAÇÃO
                                                                        
         "Nada se compara ao alhar de um cachorro"(Rita Rudenes)

sábado, 2 de abril de 2011

Bill

 
Elvira é a dona do Bill e gentilmente acedeu ao nosso convite para participar do blog





Bill é um poodle/lhasa apso,tem três anos, pesa dois quilos e noventas.é muito dócil, carinhoso gosta de brincar e é amigavel


                                                                       CITAÇÃO


Pode-se viver sem um cão,mas não vale a pena”(Heinz Rühmann)

Flocky


Sandra comparece regularmente à praça trazendo o Flocky para o seu passeio dominical





Flocky é um Yorkshire de nove anos e cinco quilos e meio. É escorpiano muito dócil e deixa aqui um recado a quem interessar possa: Procura uma namorada que seja branquela e de outra raça  para perpetuar
a especie. Alguem se habilita

CITAÇÃO

“Amor é quando seu cão lhe lambe a cara,ainda que você o deixe só o dia inteiro”(Anete: 4anos)

Bella






Bella é uma cadelinha da raça lhasa Apso de pelagem branca, três quilos e sete anaos
Bella adora correr, brincar com bolinha e é a guardiã  do corredor do apartamento onde mora.
É muito ciumenta mas já faz parte da familia


CITAÇÃO



              Não me chame de cachorro. Não mereço tão alto        qualificativo...Não sou tão fiel nem tão leal...Sou só um ser  humano.(Autor desconhecido)


.

Os Lhasas Apsos

 
       Aí esta a mais rica coleção de carinhas que consegui reunir

                                            Lhasa Apso



História



O Lhasa Apso é uma raça antiga, criada durante séculos apenas pelos nobres e monges do Tibete. "Lhasa" é o nome da cidade sagrada da região e "Apso" poderá ter origem em cabra, devido à pelagem lanosa, ou "leão", devido ao seu papel de protector de templos.
O Lhasa Apso é considerado um cão sagrado na sua Terra Natal. Os tibetanos acreditam que a alma de um homem virtuoso descansa no seu animal preferido, depois de morrer.
Como guarda de templos e mosteiros, ladrando furiosamente a desconhecidos, o Lhasa Apso é tido como um amuleto de boa sorte, mas teria de ser oferecido, não podia ser comprado. Assim, estes cães permaneceram desconhecidos do resto do mundo até ao início do século XX. Por volta da década de 1920, Dalai Lama começou a procurar apoios internacionais para a causa tibetana e ofereceu alguns cães desta raça como presente a diplomatas, sobretudo a britânicos.
A raça só se tornaria conhecida nos Estados Unidos da América uma década mais tarde. Mas a popularidade que conheceu foi imediata e em 1935 já tinha sido reconhecida pelo AKC, apesar de ter sido mal classificado como Terrier.
Aparência
O Lhasa Apso é um cão de pequeno porte, cuja altura deverá ser de 25,4 cm de cernelha para os cães e um pouco menos para as cadelas.
A cabeça é larga, o focinho de tamanho médio e o nariz preto. Os olhos são pequenos, de cor escura e estão tapados pela pelagem da cabeça. As orelhas têm franjas e caem pendentes para cada lado da cabeça. Tem barba e bigodes compridos e de cor mais escura que o resto da pelagem. O pescoço é curto e guarnecido de uma juba. Os membros anteriores são verticais, e tal como os posteriores, estão totalmente tapados pelos longos pêlos. A cauda possui franjas e é mantida sobre o dorso

A pelagem é comprida, lisa e pesada. As cores permitidas são o dourado, cor de mel, ardósia, areia, cinzenta, preta, branca ou castanha
Temperamento
Tendo sido criado como um cão sentinela por monges budistas do Tibete, os Lhasa Apsos tendem a estar atentos e possuem um forte senso de audição e também um alto e forte latido que engana o seu tamanho. Eles também podem se mover muito silenciosamente, o que lhes permite surpreender intrusos, bem como familiares desavisados. O temperamento ideal de um Lhasa é muito atento a estranhos e fiel aos mais próximos a ele. O Lhasa está no rank 68 no livro "A Inteligência dos Cães", de Stanley Coren, considerada a inteligência a relação entre exercício e obediência
.Lhasa Apsos geralmente agem com frieza, sua personalidade pode se assemelhar à dos gatos e não se encaixam na imagem estereotipada de um "pequeno feliz". Com características de personalidade única, eles ganharam uma reputação em alguns círculos como sendo uma raça muito emotiva e que, em alguns casos, revela-se completamente destemida. Eles levam o seu papel de guardiões da família muito a sério e podem ser assertivos sobre permitir ou não a entrada de visitantes na casa. Esta característica, aliada à sua tolerância, à solidão e ao baixo nível de energia, tornou a raça popular entre as pessoas que vivem sós em pequenos apartamentos.
Se devidamente treinado desde filhote, irá apreciar banho e tosa, mas eles geralmente não gostam de banho ou de nadar, pois não é característico da raça. O Lhasa Apso é uma raça de vida longa, com alguns chegando a viver mais de 20 anos com boa saúde. Existem alguns problemas de saúde específicos para a raça. Sua visão pode se deteriorar com a idade mas como são cães que não se orientam pela visão, eles podem suportar a cegueira com poucas mudanças perceptíveis no comportamento
Devido à tendência de alfa comportamento, um macho Lhasa Apso pode ser extremamente dominante e agressivo para outros cães machos, ainda que muito maiores, e obstinado sobre marcação de território com urina
. A castração em idade precoce é fortemente recomendada

.Saúde e Higiene
O Lhasa Apso é na generalidade um cão bastante saudável. Alguns dos problemas mais verificados na raça dizem respeito a mal formações nas articulações, complicações renais e oculares.
A abundante pelagem do Lhasa Apso exige cuidados particulares: o pêlo deve ser escovado todos os dias ou no máximo "dia sim, dia não", de forma a eliminar riças que poderão causar infecções na pele. Este cão perde bastante pêlo durante todo o ano.
(Fonte:Pesquisa internet)





                                         CITAÇÃO
          Um cão é a única coisa na terra que te amará mais do
                  que tu te amas a ti mesmo.”(Josh Billings

                                     .










.











.











.